quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Cheia de riqueza



"A pessoa mais rica do mundo não tem diamantes, não tem jatinho, nem tem mansão.


É que essa pessoa não é rica das coisas que se têm no bolso, mas daquelas que se guarda no coração.


Neste fim de ano, distribua sentimentos".


*****


A mensagem é linda, criativa e tão profunda.... Só não entendo porque, nesse caso, os sentimentos têm que vir acompanhados de um celular da TIM.


:=s

Enfim, estamos falando de mídia e publicidade, contextualizando essa época do ano e todas essas hipocrisias natalinas....

6 comentários:

BrunoX disse...

É prima!!! o Natal tem disso mesmo, essa época do ano nós vemos pessoas doando comida e roupas, dando presentes entre si, que coisa linda, só que não vemos oq está por trás disso, que é o desejo do consumismo da mídia que lhe joga um bom velhinho nas fuças nessa época e também é uma ótima oportunidade de subornar o seu progenitor celestial!!!!

Não acredito no espírito de natal pois ele infelizmente não existe, mas que as pessoas fazem muitas "bondades" nessa época isso é fato!!!

Gostei do seu blog e já tá nos meus favoritos ;)

eu tb criei um faz pouco tempo!! se der visita lá http://blograndomico.blogspot.com


ah e antes que tu estranhe o PRIMA lah de cima rsrsrs é o Bruno de Macapá =P


bjus!!

INTERFERENTE disse...

Jéssica e seu ceticismo, rs

Mas os comerciais da TIM sempre foram muito bons, estao entre os melhores do país.

Tássia Almeida disse...

Ah, adorei o blog Jéssia.
Também tenho um, mas quase não entro. Segue aqui http://tassiaalmeida.blogspot.com/

bjs

alan Araguaia disse...

Que ridículo esse comercial... rsrsrss distribua sentimentos com desconto e tarifa zero!
obrigado pela visita ao meu blog, só fiquei curioso pra saber como chegaste lá. sobre aquela ação contra os jornais, o juiz não acatou, infelizmente. disse que "nem Napoleão conseguiu acabar com a liberdade de imprensa". é assim.

abraços

Alan Araguaia

CrápulaMor disse...

Esse é o tal "conceito" que os publicitários dizem criar para a marca. A idéia é que todas as peças estejam de acordo com este conceito da empresa. Muitas vezes fica até bonitinho, mas na prática é uma baboseira, deixa muito a desejar na coerência e serve mais pra que os publicitários pareçam mais intelectuais do que qualquer outra coisa.

Alan Araguaia disse...

Caramba, nosso humilde blog no clipping da UFPA? que honra!
o Controversus estava há mais de um ano parado. Surgiu em uma disciplina no curso, Laboratório de Novas Mídias. Aí semana passada resolvi "ressuscitá-lo". Só que nem sempre eu tenho algo a dizer... rsrsrs
Também gostei do teu blog. Vou passar sempre por aqui.

bjo

p.s.: valeu pela dica, vou estudar bem tuas instruções.